Laranja contribui para a saúde do coração

Doenças que atingem o coração são as que mais matam no Brasil e no mundo. Além de manter hábitos de vida saudáveis e consultas médicas periódicas, uma forma fácil e saborosa de proteger o órgão é através da ingestão diária de laranjas, seja in natura ou na forma de sucos.

Mas por quê? A fruta contém folatos e antioxidantes, conhecidos por reduzir o colesterol e prevenir doenças cardíacas e derrames. Alem disso, a produção de Apo B, conhecida por desempenhar importante papel na produção do colesterol ruim, o LDL, é significativamente reduzida e limitada no corpo devido ao consumo da laranja.

Nutricionistas lembram que a fruta contém um outro composto conhecido como pectina, capaz de absorver todas as gorduras que contêm níveis elevados de colesterol.

Como se esses benefícios não fossem suficientes, o câncer também pode ser restringido pela ingestão de laranjas, já que o fruto contém D-limoneno, conhecida por reduzir o metabolismo das células cancerígenas no corpo, além de serem auxiliares em estimular o sistema de desintoxicação.

Numerosos tipos de câncer, como o pulmão, de boca, de mama, do cólon, de estômago, de esôfago e da pele pode ser evitados pelo consumo de laranjas.